Início > brasil > Bolsonaro garante que haverá outras operações da PF no Brasil, após caso contra Witzel

Bolsonaro garante que haverá outras operações da PF no Brasil, após caso contra Witzel


Presidente Jair Bolsonaro fala com a imprensa ao retornar ao Alvorada, em Brasília (DF)

© Folhapress / Wagner Pires / Futura Press

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, assegurou nesta quarta-feira (27) na saída do Palácio da Alvorada que haverá outras operações da Polícia Federal (PF) nos estados brasileiros.

“Vai ter mais, ao mesmo tempo que eu for presidente, vai ter mais. No Brasil todo. Isso não é informação privilegiada não, vão falar que é informação privilegiada”, assegurou o presidente.

A declaração do presidente da República aconteceu na saída do Palácio da Alvorada, após um apoiador ter agradecido à PF pela Operação Placebo, contra o governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel, que aconteceu nesta terça-feira (26).

Outro bolsonarista assegurou haver supostas irregularidades na saúde em Pernambuco, aproveitando o momento para questionar o presidente sobre se ações necessárias seriam tomadas. Em contrapartida, Bolsonaro respondeu que “a Polícia Federal está agindo”, conforme informa o portal G1. 

Bolsonaro, em São Paulo, 17 de maio de 2020. © REUTERS / Amanda Perobelli “>Pessoa acena da janela do carro durante manifestação em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, em São Paulo, 17 de maio de 2020
© REUTERS / Amanda Perobelli
Pessoa acena da janela do carro durante manifestação em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, em São Paulo, 17 de maio de 2020

Recentemente, a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), uma das principais aliadas de Bolsonaro no Congresso, assegurou à Rádio Gaúcha que a PF estava prestes a deflagrar operações contra desvios na área da saúde.

“A gente já teve operações da Polícia Federal que estavam na agulha para sair, mas não saíam. E a gente deve ter nos próximos meses o que a gente vai chamar talvez de Covidão, ou de, não sei qual é o nome que eles vão dar, mas já há alguns governadores sendo investigados pela Polícia Federal”, assegurou a deputada.

A entrevista de Zambelli gerou grande repercussão, sobretudo após a deflagração da operação Placebo. Entretanto, a deputada assegurou que não havia recebido qualquer informação privilegiada e que não mantém relações promíscuas com a PF.

A Operação Placebo, realizada nesta terça-feira, contra o governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel e outros alvos, apura supostos desvios na área da saúde em meio à COVID-19.


Fonte: © Sputnik

Publicidade

Sobre Geek News

Geek News é uma agência Brasileira que lhe apresenta as principais e mais recentes notícias, notícias urgentes, temas políticos, econômicos e sociais da atualidade.

Veja Também

Jair Bolsonaro coloca uma máscara durante coletiva no Palácio do Planalto

Justiça derruba decisão que determinou uso de máscara por Bolsonaro

© AP Photo / Andre Borges A desembargadora Danielle Maranhão Costa, do Tribunal Regional Federal …

Casal passeia na Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Abrir não é para ‘passear’, diz prefeito de BH após recuo na flexibilização da quarentena

© Folhapress / Doug Patrício /Fotoarena O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (28), falou …

Em Brasília, um ativista caminha em frente a cruzes que simbolizam os mortos pela COVID-19. O protesto contra o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, aconteceu em 28 de junho de 2020, em frente ao Congresso Nacional.

Atos contra Bolsonaro são realizados em Brasília e cidades europeias (FOTOS, VÍDEO)

© REUTERS / Adriano Machado Neste domingo (28), manifestantes fizeram um ato simbólico contra o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.