Início > Defesa > Bombardeiros B-1B dos EUA participam de exercícios de tiro perto da fronteira russa (FOTOS)

Bombardeiros B-1B dos EUA participam de exercícios de tiro perto da fronteira russa (FOTOS)


Bombardeiro B-1B da Força Aérea dos EUA

Jette Carr

Dois bombardeiros supersônicos B-1B Lancer da Força Aérea dos EUA partiram de Dakota do Sul rumo ao Báltico para participar de exercícios militares da OTAN.

No início da semana, dois bombardeiros norte-americanos, que voaram da base da Força Aérea Ellsworth, em Dakota do Sul, estiveram no mar Báltico para efetuar exercícios com diversos aliados da OTAN, segundo comunicado da Força Aérea dos EUA.

O comunicado ressalta que os bombardeiros foram empregados em treinamento de integração e interoperabilidade com os Falcon F-16 da Força Aérea dinamarquesa, além de missões de coordenação de apoio aéreo próximo dos Controladores Aéreos Conjunto do Terminal Estoniano, a apenas 105 quilômetros da fronteira com a Rússia.

“O treinamento com nossos aliados da OTAN e nações parceiras contribui para elevar a resistência e interoperabilidade […]. Os bombardeiros estratégicos contribuem para estabilidade no cenário europeu, enviando uma mensagem clara de dissuasão a qualquer potencial adversário”, cita comunicado.

De acordo com o Ministério da Defesa da Estônia, os bombardeiros norte-americanos participaram dos exercícios militares Tempestade da Primavera (Spring Storm).

Um B-1B Lancer voa com um F-16 da Dinamarca durante missão de treinamento. Força Aérea Real da Dinamarca”>Um B-1B Lancer voa com um F-16 da Dinamarca durante missão de treinamento, 5 de maio de 2020
Força Aérea Real da Dinamarca
Um B-1B Lancer voa com um F-16 da Dinamarca durante missão de treinamento

“Liderada pela Estônia, Tempestade da Primavera testa a integração entre as tropas da OTAN e das Forças de Defesa da Estônia, para fortalecer a capacidade em tempos de crise”, assegurou a OTAN em comunicado.

Citado pela aliança, o coronel da Força Aérea da Estônia assegurou que o exercício “demonstrou que, para a Força Aérea, nenhum alvo está longe demais, e que os aliados podem enviar apoio em questão de horas, mesmo estando do outro lado do globo”.

Um B-1B Lancer é reabastecido por um KC-135 Stratotanker. Sgt. Kelly OConnor”>Um B-1B Lancer é reabastecido por um KC-135 Stratotanker da 100ª ala de reabastecimento aéreo, Reino Unido, 5 de maio de 2020
Sgt. Kelly OConnor
Um B-1B Lancer é reabastecido por um KC-135 Stratotanker

Os B-1B foram originalmente projetados como bombardeiros estratégicos pesados com o objetivo de executar ataques nucleares em território soviético. Agora o bombardeiro poderia ganhar uma nova vida ao ser equipado com mísseis hipersônicos AGM-183A (ARRW).


Fonte: © Sputnik

Publicidade

Sobre Geek News

Geek News é uma agência Brasileira que lhe apresenta as principais e mais recentes notícias, notícias urgentes, temas políticos, econômicos e sociais da atualidade.

Veja Também

Avião de ataque ao solo AC-130 da Força Aérea dos EUA

Silenciosa e precisa: EUA podem desenvolver nova arma para avião AC-130

© AFP 2020 / Força Aérea dos EUA Uma nova arma silenciosa, precisa e mortal …

Um míssil nuclear ICBM Titan II desativado é visto em um silo no Missile Museum Titan (imagem referencial)

Comitê do Senado dos EUA aprova US$ 10 milhões para prontidão de testes nucleares, afirma site

© AFP 2020 / BRENDAN SMIALOWSKI O Comitê de Serviços Armados do Senado dos EUA …

A sign at the new Lockheed Martin Manufacturing Centre of Excellence is seen at the company

Lockheed Martin ganha contrato de US$ 1 bilhão para fabricar radares para aliados dos EUA

© REUTERS / Peter Nicholls/File Photo A Lockheed Martin ganhou um contrato do Exército norte-americano …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.