Início > Américas > Colômbia nega envolvimento em suposta invasão da Venezuela por mercenários

Colômbia nega envolvimento em suposta invasão da Venezuela por mercenários


Guarda Nacional da Venezuela na fronteira com a Colômbia

© REUTERS / Carlos Eduardo Ramirez

A Colômbia negou neste domingo (3) participação em uma suposta invasão via marítima da Venezuela, que teria como objetivo propiciar um golpe de estado contra o governo de Nicolás Maduro. 

“O Ministério das Relações Exteriores, em nome do Governo Nacional, rejeita as alegações feitas pelo regime ditatorial de Nicolás Maduro tentando culpar nosso país por supostos eventos de desestabilização”, falou a pasta por meio de um comunicado. 

Segundo o ministro do Interior e Justiça da Venezuela, Néstor Reverol, um grupo de pessoas armadas tentou entrar na Venezuela a partir da Colômbia, pelo litoral do estado de La Guaira, para provocar um golpe de Estado.

Reverol falou que a invasão aconteceu por meio de lanchas. Segundo o governo venezuelano, a ação dos militantes colombianos aconteceu na madrugada de domingo e foi interceptada pelas forças de segurança. 

De acordo com o governo, fuzis foram apreendidos. Além disso, oito mercenários morreram e dois foram presos. Um deles seria um agente da Administração Antidrogas dos Estados Unidos.

‘Desviar a atenção’

Em declaração para a Telesurtv.net, o chanceler venezuelano assegurou que o grupo tinha como missão “cometer assassinatos de líderes do governo revolucionário, incrementar a espiral de violência, gerar o caos e a confusão entre a população e, com isso, provocar uma nova tentativa de golpe de Estado”. 

A chancelaria colombiana, por seu lado, assegurou que a acusação venezuelana é mais uma tentativa de “desviar a atenção sobre os verdadeiros problemas que vive o povo da Venezuela”. 

O governo da Colômbia considerou ilegítima a reeleição de Maduro em maio de 2018 e reconhece o opositor Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela, assim como os Estados Unidos e o Brasil.

A Venezuela, por sua vez, diz que a Colômbia é aliada dos EUA na tentativa de derrubar o governo e dar um golpe de estado contra o governo chavista.


Fonte: © Sputnik

Publicidade

Sobre Geek News

Geek News é uma agência Brasileira que lhe apresenta as principais e mais recentes notícias, notícias urgentes, temas políticos, econômicos e sociais da atualidade.

Veja Também

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, (à direita), cumprimenta o líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, (à esquerda) em Washington, no dia 6 de fevereiro de 2020.

Casa Branca nega que Trump tenha perdido confiança em Guaidó

© AP Photo / Luis M. Alvarez O presidente dos EUA, Donald Trump, não perdeu …

Presidente dos EUA, Donald Trump, usa celular durante reunião na Casa Branca, em Washington, EUA, 18 de junho de 2020

Trump diz que poderia encontrar Maduro e expressa dúvidas em relação a Guaidó, diz site

© REUTERS / Leah Millis O presidente estadunidense, Donald Trump, falou que poderia encontrar o …

Líder oposicionista venezuelano Juan Guaidó (foto de arquivo)

Guaidó abre embaixada na Bolívia após país romper com Maduro

© AFP 2020 / Cristian Hernandez Equipe de trabalho nomeada pelo líder oposicionista venezuelano Juan …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.